Morre o maior terrorista do Planeta. Osama Bin Laden

0
260 views

O fim de semana foi emocionante, primeiro tivemos o casamento real na sexta-feira, em seguida, Mariah Carey deu à luz gêmeos no sábado, e para o grande final, o presidente Barack Obama informou que Osama Bin Laden foi morto por forças dos EUA no Paquistão, e assumiu a custódia de seu corpo que foi enterrado logo enseguida no paquistão, pois nenhum pais quis o corpo deste que aterrorizou o mundo. Bin Laden já vinha sendo perseguido desde os terríveis ataques há quase dez anos em 11 de setembro, 2001.

O mundo está feliz a justiça finalmente foi feita, mastambém traz uma série de emoções em torno desse dia horrível. Além disso, é claro, devemos ficar ainda preocupados, pois poderá haver algum tipo de retaliação, mas pelo menos por esta noite, talvez todos nós conseguimos dormir sabendo que um dos terroristas mais conhecidos na história moderna está morto.

Osama bin Laden – fundador e líder da Al Qaeda – foi morto pelas forças dos EUA de domingo em uma mansão  em Abbottabad, ao norte da capital paquistanesa, Islamabad, junto com outros membros da família, um oficial dos EUA disse à CNN.

Em um discurso à nação na noite domingo, Obama classificou a morte de Bin Laden “a conquista mais significativa até à data do esforço de nossa nação para derrotar a Al Qaeda”.

Agora, resta manter a segurança e evitar que outros ataques contra o povo seja feito, por esses que tem como ideal matar para viver o seu ego. Eu particularmente desejo que o povo americano saiba manter o Presidente por esse feito e o ajudem a selar o seu segundo mandato como líder do mundo livre.

“Hoje, na minha direção, os Estados Unidos lançou uma operação dirigida contra esse composto em Abbottabad,  Paquistão“, disse Obama. ”Um pequeno grupo de norte-americanos realizaram a operação com uma coragem  extraordinária e capacidade”. Nenhum americano foi morto. Eles tomaram cuidado para evitar vítimas civis.

Após um tiroteio, mataram Osama Bin Laden e tomou a custódia de seu corpo.

Sem comentários

Deixe uma resposta