Conjunto Penal foi invadido pelo Batalhão de Choque as 14h

0
147 views

O Batalhão de Polícia de Choque invadiu, às 14h, o Conjunto Penal de Serrinha, onde cerca de 125 presos encontram-se rebelados nesta sexta-feira (21). Neste momento, o que se pode ouvir são gritos

de presos, tiros e uma fumaça preta. Os policiais também usam cães de guarda. Até antes da invasão, uma pessoa havia sido morta pelos presos por enforcamento e há informações não confirmadas de uma pessoa queimada durante o motim, que começou por volta das 14h de quinta-feira (20). Outras dois presos estavam sendo mantidos reféns no primeiro andar Pavilhão C, com cordas feitas de lençóis amarradas no pescoço.

O movimento é chamado pelos detentos de “Comando do Belo” em referência a Edvaldo Castro do Nascimento, que é apontado como líder da rebelião. Ele está preso há quatro anos no local cumprindo pena de 22 anos por latrocínio.

Um policial, que não quis se identificar, disse que Edvaldo Castro comanda o tráfico de drogas na região de dentro do presídio. Para isso, ele mantinha contato com a mulher Daiana Silva de Jesus através de um celular. Há informações que esse aparelho foi apreendido, o que levou Edvaldo a iniciar o motim. Daiana, que está do lado de fora do presídio, nega a acusação de tráfico de drogas.

Sem comentários

Deixe uma resposta