Comunidade de Tapuia mantém a tradição centenária do Terno de Reis em Camamu

No sábado, foi o dia do Terno das Estrelas

0
288 views

Em Tapuia, distrito de Camamu na Costa do Dendê, no Dia de Reis todo mundo já sabe, os pescadores irão recolher suas redes e artilharias de pesca para comemorar o nascimento do menino Jesus. Durante todo o dia, a comunidade inteira se reúne para organizar o desfile que acontece em dois dias.

O evento que foi realizado pela Associação de Moradores remanescente de Quilombos de Tapuia, neste sábado (28) e domingo (29), também contou com o apoio da Prefeitura de Camamu.

A celebração sempre é realizada nos dias 06, data oficial da comemoração de Reis no Brasil, e dia 07 em Tapuia, são dois dias onde a comunidade inteira vivencia essa tradição que já dura mais de 100 anos na localidade. Neste ano, excepcionalmente aconteceu um pouco mais tarde.

Terno das Estrelas

No sábado, foi o dia do Terno das Estrelas, onde a Estrela Guia, ao lado da Porta Estandarte, as 03 Marias e mais 40 crianças seguiram no cortejo percorrendo todas as ruas, visitando de casa em casa, onde “cantavam o rei” na porta dos moradores.

Além disso, ainda fizeram uma homenagem aos antigos nomes de Tapuia que foram Cruzeiro do Sul e Santa Cruz.

‘O terno das estrelas é um resgate de um terno que aconteceu há cerca de 40 anos atrás’, conta dona Rosenita Luz, presidente da Associação e uma das coordenadoras do evento há 27 anos. Ela também nos explica como chegou ao cálculo dos 100 anos da tradição local:

“Meu pai que toca no Terno, ele tinha 15 anos quando ajudou a fazer uma barca para o Terno dos Marujos, hoje tem 72 anos e antes dele começar a ajudar, O Terno daqui já tinha uns 30 anos que acontecia, por aí você já tira a quanto tempo já existe, né?.”

A prefeita Ioná Queiróz saudou a comunidade em sua rede social na noite deste domingo.

“Parabenizo a comunidade de Tapuia por manter viva a Tradição do Terno de Reis e Terno das Estrelas”, comentou a prefeita.

Terno dos Pescadores

No domingo (29), foi dia do Terno dos Pescadores, onde participam todos juntos, adolescentes, adultos, senhoras e senhores fazendo o mesmo percurso do dia anterior saindo da praça até chegar na sede da capela de São Benedito na cidade onde está a manjedoura com o menino Jesus simbolizado.

Além da questão histórica, da tradição, o evento também faz parte de um projeto da associação quilombola para manter as manifestações do povoado vivas na memória dos mais novos, sobretudo das crianças.

No próximo sábado, dia 04, o Terno de Reis de Tapuia se apresentará na cidade de Valença, no Baixo Sul da Bahia.

(Ascom/Camamu)

Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Camamu – “Unidos por nossa terra”.

Sem comentários

Deixe uma resposta