Três (3) Brasileiros foram presos em Miami por envolvimento com o tráfico de pessoas

0
51 views
Homeland Security Investigations - Foto: AcheiUsa
Policiais americanos disfarçados se infiltraram na rede de tráfico de humanos e depois de uma longa investigação chegaram aos brasileiros.

Os três foram presos no sábado 30 de setembro, acusados de promover a entrada ilegal de estrangeiros nos Estados Unidos. Uma unidade especial da polícia que opera em secretamente (undercover) conseguiram infiltrar-se na rede de tráfico humano e chegaram aos brasileiros. Nesta operação secreta foram presos Anna Cecilia Ferreira 39 anos, Luciano Rodrigues Pereira e Eduardo Gomes. Anna e Luciano estavam sendo investigados por agentes de vários departamentos da polícia americana.

Anna Cecília e Eduardo Gomes – reprodução do Facebook
Anna Cecília e Eduardo Gomes – reprodução do Facebook

Nas investigações, uma pessoa no Brasil, ainda não identificada, teria contatado um dos agentes procurando o barco e um capitão que pudessem transportar os estrangeiros ilegalmente das Bahamas para os EUA. A pessoa teria dito ao agente para ele contatar a brasileira Anna Cecília, moradora de Pompano Beach, para colaborar na operação de trafico.

A negociação – No dia 26 de setembro Anna Cecilia chagou a negociar com o agente a transferência dos estrangeiros num encontro em Miami, ali discutiram os detalhes da operação e acertaram as condições de pagamento. Anna negociou o pagamento de cerca de $85 mil dólares (equivalente à R$268.481,00 mil reais) para o agente disfarçado ir a Freeport, nas Bahamas, transportar quatorze (14) estrangeiros de diferentes nacionalidades, entre eles brasileiros, e trazê-los para os EUA. Anna ainda alertou o agente que os estrangeiros não tinham visto para os EUA. E no dia seguinte, deram ao agente um adiantamento de $1 mil (R$ 3.158,60) de Luciano Pereira, para as despesas iniciais da operação.

Ordem de prisão – Anna Cecília e a pessoa ainda não identificada no Brasil passaram para o agente o contato de outra pessoa em Freeport. E em uma operação coordenada com o departamento de imigração das Bahamas, o agente encontrou a pessoa responsável pela operação em Freeport, e os seis (6) estrangeiros que seriam traficados para os EUA. Ali os seis(6), entre eles três brasileiros, foram presos em flagrante pelo serviço de imigração das Bahamas. Ainda disfarçados o agente fez os envolvidos comprovar que pagariam pelo serviço, e os brasileiros concordaram em mostrar provas para o pagamento do serviço. Luciano Pereira combinou com os parceiros para comparecerem ao local combinado com o agente e apareceu no local combinado mostrando $9 mil dólares em dinheiro como prova de condições para pagar a operação, depois chegaram Anna Cecilia e Eduardo Gomes, e os três foram presos pelos agentes do departamento de migração.

Apesar da advogada de imigração Renata Castro Alves ter dito que. “o governo americano está mandando um recado para a comunidade imigrante – penas duras serão aplicadas não só a quem está nos EUA irregularmente, mas também aos que incentivam ou lucram com isso”. A família de Anna Cecilia informou que ela foi liberada na tarde do dia 5 quinta-feira, sem informar se foi pago e qual valor da fiança.

Fonte: AcheiUsa

Sem comentários

Deixe uma resposta